Ronaldo Bitencourt Dutra
por Ronaldo Bitencourt Dutra
em 11/01/2018

Master Coach, Analista de Perfil Comportamental, Coaching Assessment e Analista 360º. Trainer e sócio da D & S Ação

Blog > Estudos > 7 dicas para criar um ambiente adequado de estudo

7 dicas para criar um ambiente adequado de estudo

Fala concurseiro!!!

Conforme prometido no nosso vídeo, segue abaixo as 7 dicas sobre a importância do ambiente para o bom desempenho de seu estudo
7 dicas para criar um ambiente adequado de estudo

Fala concurseiro!!!

Conforme prometido no nosso vídeo, segue abaixo as 7 dicas sobre a importância do ambiente para o bom desempenho de seu estudo:

 

a) A cadeira onde você estuda a maior parte do tempo deve ser confortável – confortável a ponto de evitar dores no corpo, mas nem tão confortável que favoreça aquelas famosas “pescadas” ou cochilos rotineiros.

 

b) É legal que você tenha um espaço amplo o suficiente para você colocar a sua disposição todo material que será usado naquele bloco de estudo. Isso evita interrupções para buscar algo que você precise, acabando, muitas vezes, dispersando. 

 

c) Segundo alguns estudos, precisamos de uma lâmpada de no mínimo 60 watts a uma distância máxima de 01 metro. Mas, pelo menos para mim, se esse foco de luz contrastasse demais com o restante do ambiente isso me causava muito desconforto. 

 

d) Ambiente organizado e limpo favorece à aprendizagem. Às vezes, dar uma arrumada no locar de estudo funciona como um aquecimento, ajudando a organizar as coisas na cabeça. Mas atenção, não transforem a arrumação num pretexto para não estudar.

 

e) Se no seu ambiente de estudo você usa computador, tablet ou celular para te auxiliar nas pesquisas, tome o cuidado de desligar as notificações das redes sociais, e-mails e do WhatsApp.  Ora, aquele sinal sonoro de que chegou uma mensagem, etc, pode interromper seu fluxo de concentração ou mesmo até impedir que ele comece.

 

f) Dentro do seu possível, busque um lugar silencioso. Mas acredito que você não condicione sua concentração a lugares silenciosos demais, onde não há qualquer ruído, pois no dia da prova você não poderá contar com este ambiente, sempre haverá alguém resfriado na sala; barulhos de pessoas mastigando ou que demora um tempão para abrir aquela embalagem barulhenta de produto industrializado. 

O mesmo se diz, com relação a estudar com música. Isso é muito relativo, para alguns favorece a concentração, para outros atrapalha. Mas fica a mesma dica, você não poderá ouvir música na hora da prova, muito menos colocar fone de ouvidos.

 

g) Evite ambientes em que há muitas interrupções, como por exemplo, locais onde pessoas podem te interromper porque querem alguma coisa, ou porque há um telefonema para você, etc.  Lembre-se, se você separou aquele período de tempo no seu quadro horário para estudar, use-o para estudar – deixe que o roubem apenas se for para algo extremamente importante. 

 

O importante é que cada um encontre o ambiente que se adeque melhor às suas próprias característica. 

Eu gostava de estudar sempre no mesmo lugar, pois funcionava como uma âncora (coisa de Coaching e PNL) para mim. Quando sentava naquela cadeira como se eu já me colocasse no estado de concentração que eu precisava para render nos estudos. 

Muitos colegas, todavia, gostava de variar o local do estudo para não criar uma rotina maçante, etc. 

 

O meu jeito é o seu jeito! Descubra o seu jeito preferido. 

 

Nos vemos por aí! 

Forte e intenso abraço, 

 

Ronaldo Bitencourt Dutra

Últimos Artigos: Estudos



Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Grupo D&S Ação